logo

Chuva de meteoros Perseidas

A Perseídas é considerada uma das chuvas de meteoros mais bonitas do ano com 80 a 100 meteoros por hora, com meteoros de cores vivas que começam a queimar com a cor verde e terminam em um tom avermelhado. Ela é uma chuva anual de meteoros associado ao cometa Swift Tuttle, todos os anos entre os dias 13 de Julho e 26 de Agosto, sempre na mesmas datas, durante a sua viagem anual em torno do Sol, a Terra passa pelos restos de detritos deixados pela passagem do cometa.
  
Além disso a Perseidas é famosa por produzir os EarthGrazers, meteoros mais brilhantes e com formato de bolas de fogos que costumam cruzar o céu de forma mais lenta e bonita.
 
Mas infelizmente o melhor lugar para se ver ela é no hemisfério Norte ou próximo a linha do Equador, mas mesmo assim podemos acompanhar ela aqui no Brasil, para aqueles que moram no Norte a chuva estará bem visível e para quem mora nas outras regiões basta ir em um local bem afastado dos grandes centros urbanos e escuro, com visibilidade boa para a linha do horizonte sentido Norte/Nordeste.
 
O melhor horário para se ver a chuva é por volta das 3 da manhã aqui no Brasil, quando a constelação de Perseu começa a aparecer no horizonte ao Norte. Para quem estiver no hemisfério Norte durante a chuva de meteoros, é só procurar pela constelação de Perseu, que é a radiante da chuva Perseídas, local onde aparentemente os meteoros costumam surgir, e se você for fotografar a chuva de meteoros, é só apontar a sua câmera para este local. Se você estiver no hemisfério Sul, seria interessante observar o céu no zênite, bem acima da sua cabeça ou ao Sul, procurando pelos EarthGrazers.
Como fotografar?
Fotografar meteoros não é uma tarefa fácil, e requer muita paciência, então prepare a sua câmera e um tripé e vá para um local bem afastado das grandes cidades e longe de qualquer fonte de poluição luminosa, configure a sua câmera para uma exposição de 30 segundos, com a lente bem aberta e o maior ISO que você tiver coragem de usar. Conhecendo radiante, você pode apontar a sua câmera para ela, neste caso Perseu, e começar a fotografar, uma foto em seguida da outra, um intervalômetro pode te ajudar muito aqui,  se você conseguir uma composição interessante com a sua câmera apontada para Perseu melhor ainda. Continue insistindo sem mudar a câmera de posição, mesmo que caiam diversos meteoros atrás de você, e isto provavelmente vai acontecer, centenas de meteoros irão cair atrás de você, do lado e até em cima, mas insista até que um passe pela frente da sua lente! Se você ficar mudando a câmera de posição a cada vez que um meteoro cair, você nunca vai conseguir fotografar um. Agora no caso da Perseídas, como os meteoros caem no hemisfério Norte, você provavelmente não vai conseguir fotografar elas mesmo com a constelação de Perseus surgindo no horizonte, pois o brilho do meteoro não é suficiente para iluminar o horizonte. Aqui recomendo que você busque pelos EarthGrazers como a primeira foto deste post, e aponte a sua câmera para o zênite, logo acima da sua cabeça, e o Sul!!! Parece contraditório não? Se a radiante da Perseídas é no norte, porque você vai apontar para o Sul e conseguir fotografar mais meteoros? Como os EarthGrazers costumam cortar o céu de ponta a ponta, eles vão surgir no Norte, mas irão começar a queimar sobre a sua cabeça e correr em direção ao Sul!
Resumo
Ativo do dia 13 de Julho até o dia 26 de Agosto
 
Pico: 12 e 13 de Agosto
 
Melhor horário: 03:12
 
Localização: Radiante na constelação de Perseus
 
Meteoros por hora: 100
 
Lua: Minguante 87% e 79% iluminada
 

Anúncio



  • Share

Comments are closed.