logo

Vamos falar sobre a “super Lua”?

 

Bom antes que todos vocês saiam correndo de casa para ver aquela Lua imensa no céu digna de cenas de novela, vamos falar um pouco sobre a “super Lua”.

O termo “super-Lua” foi introduzido pelo astrólogo, isto mesmo astrólogo e não astrônomo, Richard Nolle em 1979, que em sua definição, incluiu tanto a Lua na fase cheia, quanto na fase nova, mas somente a “super Lua” na fase cheia se tornou popular.

Vocês já devem ter notado que a alguns anos atrás tomamos conhecimento da “super Lua” pelas redes sociais, e todos os anos algumas páginas, sites e até mesmo algumas agências de notícias com um cunho um pouco mais sensacionalista anunciam ela de uma forma incrível, quase sempre como a maior “super Lua” do século, e de repente no mês seguinte temos outra “super Lua”, e isto vem se repetindo ano a ano, neste ano mesmo se vocês prestarem atenção já estamos no terceiro mês de “super Lua”, por isto eu achei bacana entendermos o que é a “super Lua”, antes de nos decepcionarmos.

O conceito é bem simples, como a órbita da Lua é elíptica, então ela tem um ponto de maior e de menor aproximação com a Terra, o ponto de menor distância é chamado de Perigeu e o ponto de maior distância de Apogeu, e nos dias de “super Lua” o ponto de maior aproximação que chamamos de Perigeu coincide com a Lua Cheia, e foi daí que nasceu o termo “super Lua”.



728 x 90 IMU Leaderboard

Mas a Lua vai aparecer enorme no céu?

A Lua vai aparecer maior que o normal, não aquela Lua enorme que vemos em cenas de novelas, e nem os 15% que estão anunciando por aí, ela vai aparecer 7,2% maior do que o normal!! O que geralmente acontece é que eles não comparam a “super Lua” com a Lua normal, e sim com o Apogeu que é o seu ponto de maior distanciamento com a Terra, então chegando neste número mágico de 14,2%! Abaixo podemos ver um exemplo:

 

superlua

 

Então vamos desistir de ver ou fotografar a “super Lua”?

Não, mas é muito mais interessante já sairmos cientes do que vamos encontrar, e assim aproveitarmos o que realmente é bonito em noites que o Perigeu Lunar coincidem com a Lua cheia, e para quem fotografa, nos prepararmos melhor para fotografar ela. Eu sempre defendo uma fotografia mais pensada e planejada nos meus Workshops, e aí é que está a mágica da “super Lua”, o brilho da Lua em seu Perigeu fica 15% mais forte, ou 30% mais forte se comparado com o Apogeu, então você provavelmente não verá uma Lua enorme no céu mas você vai encontrar uma Lua iluminando muito mais os ambientes. Para quem quiser dar uma volta por aí e aproveitar a Lua cheia a noite vai estar muito mais clara do que nos outros dias de Lua cheia! E para os fotógrafos, que tal pensar em ir para um local bacana e fotografar em longa exposição utilizando toda essa luminosidade extra da Lua?

Eu particularmente gosto do nascer da Lua nestas noites de “super Lua”, sabe aquela hora mágica do Sol quando ele nasce ou se põe em que tudo fica dourado? Nós temos esta hora mágica da Lua também quando ela nasce ou se põe, então preparem os seus tripés e abusem do ISO da sua câmera, procurem deixar as tuas lentes o mais abertas possíveis, e utilizar um tempo de exposição longo, 15… 30 segundos, não vou passar uma receita aqui porque esta configuração vai mudar em cada câmera e vai depender muito da experimentação de vocês, e assim você pode conseguir fotos como estas.

 

 

Bom e se eu quiser fotografar só a Lua? Prepare a sua tele, uma 200mm para cima seria o ideal, a Lua ao contrário do que muitos pensam, não é um objeto noturno, ela é um objeto iluminado pela luz do Sol, então você precisa configurar a sua câmera como se estivesse fotografando um objeto como um prédio cinza durante o dia e se você tiver a mão bem firme, não vai precisar nem de um tripé! E outra dica, para quem não tem câmeras profissionais, mas tem aquelas câmeras super-zoom, elas são ótimas para fotografar a Lua, você não vai ter uma qualidade óptica incrível se comparado com as câmeras profissionais mas o zoom delas são incríveis e você poderá pegar muitos mais detalhes da Lua.

 

Caso você queira saber um pouco mais sobre os meus workshops de Fotografia Noturna é só me enviar um e-mail para contato@ricardotakamura.com

 

Anúncio



  • Share

One Response